Modern technology gives us many things.

Como trabalhar com viagens e turismo?

Aqueles que mal podem esperar para fazer as malas novamente vão valorizar cada vez mais viagens seguras e acesso a suporte para resolver problemas imprevistos.

Se você está pensando em construir um negócio com o objetivo de auxiliar as pessoas a realizarem os seus sonhos, então uma agência de viagens é uma excelente opção.

Neste artigo queremos lhe ajudar neste assunto. Além de indicar um Curso sobre a área de turismo, com o objetivo de compreender mais sobre o assunto.

Vamos lá?

O que é preciso para trabalhar com a indústria do turismo?

Como qualquer novo negócio, não basta gostar de viajar para ter sucesso.

Pesquisar o mercado é importante e, se necessário, procure um profissional experiente para acompanhá-lo.

Não é preciso ter formação em turismo, mas o mercado exige conhecimento.

1. Escolha um segmento de mercado

O mercado de viagens é muito amplo e permite trabalhar em várias áreas.

Para ajudá-lo a planejar seu negócio e considerar estratégias que o diferenciam de seus concorrentes, você deve escolher o nicho em que vai atuar.

Com isso, você poderá se especializar e prestar serviços diferenciados aos seus futuros clientes.

Entre as várias opções, você poderá escolher, por exemplo: turismo de negócios, turismo no campo, turismo rural, turismo em praias, ecoturismo e até turismo de aventura.

Devido à pandemia, o departamento está muito satisfeito com a redução do deslocamento devido às medidas de distanciamento social.

Mas aposta-se que quando as viagens regressarem, mesmo com medidas de higiene e de segurança, como o uso de máscaras, viagens domésticas e destinos de natureza e bem-estar exuberantes, seja a preferência do consumidor.

Outra interessante opção com o objetivo de se diferenciar dentro do negócio é oferecer opções sob medida com o objetivo de atender às necessidades de grupos específicos.

Você também pode considerar atender a população idosa, um segmento que está crescendo à medida que as pessoas buscam diversão e lazer.

Ou mesmo segmentar um público específico, como, por exemplo: famílias, casais, grupos em geral.

Pesquisar o perfil do público e aprimorar o conhecimento dentro de diferentes áreas de negócios é a receita para quem quer crescer.

Portanto, você deve sempre entender o mercado, quais são as tendências do setor e de seus clientes.

Pense bem na sua decisão e avalie se você gostaria de trabalhar em uma área muito específica, pois se por um lado ela pode ser diferenciada, por outro precisa ter um cuidado redobrado pois há diversos consumidores que tendem a ser mais exigentes.

2. Desenvolva um plano de negócios

O planejamento é a alma de uma empresa. Apesar do clichê, essa afirmação ainda é verdadeira.

É impossível considerar iniciar um negócio sem ter um bom plano de negócios com o objetivo de reduzir a margem de erro.

Durante o programa, você definirá metas, pesquisar concorrentes, analisar o mercado e identificar a diferenciação de sua agência.

Com objetivos claros, não só os seus clientes vão voar, mas também o seu negócio.

3. Busque formalizar o seu negócio

Com a ajuda de um bom contador, você pode facilmente regular sua agência de viagens.

Este passo é importante para agir legalmente.

Ao se cadastrar no seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas), você poderá emitir as notas fiscais, pagar impostos e, em suma, agir de acordo com a lei.

Antes do estabelecimento formal, você e seu contador poderão tomar as melhores decisões sobre o tipo de empresa e o sistema tributário que será composto pela empresa.

4. Registro

Antes de começar a trabalhar, você precisa registrar qual será a agência de viagens dentro do Ministério do Turismo, esse registro será através do Cadastur.

A inscrição é obrigatória e gratuita. Proporciona uma vantagem a quem se regista e serve como fonte de informação para os turistas.

5. Construir parcerias

Para ser um bom agente de viagens, você precisa ter uma parceria com as empresas de viagens.

Eles são responsáveis ​​por criar pacotes que incluem traslados, passagens aéreas e até as reservas de hotéis.

Seu papel é preencher a lacuna entre operadores e clientes. Portanto, quanto mais parcerias você tiver dentro do negócio, mais diversos serão os pacotes que você poderá oferecer.

6. Bom atendimento ao cliente é tudo!

Seu canal de suporte ao cliente precisa ser muito eficiente, seja físico ou virtual.

Seus clientes terão dúvidas e precisarão de esclarecimentos rápidos.

Mantenha sempre o seu site atualizado com um bom FAQ, se possível, um serviço de chat ao vivo e um número de telefone que possa atender seus clientes.

7. Apareça nas redes sociais

Hoje, o sucesso da sua agência não pode ser considerado sem uma boa estratégia de uso dentro das redes sociais.

Documente e publique as viagens do seu cliente, partilhe experiências, de confiança a quem está a conhecer a sua agência.

Apresente as experiências que sua agência está promovendo que aumentarão o engajamento e o engajamento do seu público com a empresa.

Através de bons Cursos Online de marketing, você aprenderá sobre como funcionam as mídias digitais.

8. Crie um blog

Para se destacar na internet, nada melhor do que blogar. Isso ajudará sua agência a aparecer dentro dos resultados de pesquisa e, assim, aumentar a visibilidade do seu site.

Produza conteúdo informativo e completo, e quanto mais informações, mais valioso será o seu público para sua publicação.

9. Programa de fidelidade

Uma ótima ideia para fidelizar clientes e incentivá-los a viajar mais com sua agência é a criação de um programa de fidelidade.

Existem vários modelos, mas o mais famoso é o acúmulo de pontos.

Você pode recompensar os clientes com pontos no número de viagens ou no valor investido, por exemplo, com passagens grátis, descontos nas próximas viagens ou até chegadas extras quando atingir um determinado número.

Comentários estão fechados.