Escolher mala ideal para viajar: 5 dicas para não errar

escolher-mala-ideal-para-viajar

Está planejando viajar? Você só precisa levar duas coisas: seu ânimo e escolher mala ideal para viajar!

Ao contrário do que muita gente pensa, escolher a mala ideal para viajar é essencial e faz parte do planejamento de uma viagem.

Por isso, nós preparamos um post com 5 dicas para você escolher a mala ideal antes de sair para curtir suas próximas férias.

Existem vários critérios para escolher a bagagem, especialmente se você viajar de avião, já que há algumas restrições a mais se comparadas às empresas de viação. Acompanhe a seguir!

#1. Escolher mala ideal para viajar: a cor importa?

Mesmo que você seja uma pessoa mais discreta, recomendamos que você compre malas de cores mais fortes, ou até mesmo com decoração. Isso porque, se você for viajar de avião, fica muito mais fácil identificar sua mala na sala de desembarque.

Não é nada incomum que passageiros confundam suas malas e peguem as de outras pessoas por engano.

Mesmo que você não queira investir em uma mala mais chamativa, a nossa dica é para que busque alguma forma de diferenciá-la. Pode ser utilizar um lenço, fita adesiva colorida, o que a sua imaginação permitir. O ponto é que você deve conseguir diferenciar facilmente em meio a tantas outras bagagens!

Um seguro viagem pode cobrir até mesmo malas extraviadas. Se você não quer ter esse tipo de dor de cabeça, o seguro poderá te ajudar!

#2. Invista em tamanhos diferentes

Uma mala de viagem não deve ser excessivamente grande e nem pequena demais. O ideal é que você compre um kit de malas, com três tamanhos, sendo uma mala pequena, média e grande para que você possa carregar tudo o que precisa e tenha um tipo de mala para cada viagem.

Se você pretende fazer uma viagem de curta duração dentro do Brasil, não há motivos para levar uma mala grande. Além de ser um incômodo para você, poderá custar mais caro no momento do despache no aeroporto.

Nesses casos, vale a pena considerar levar uma mala pequena de mão, que não precisa ser despachada (e assim você já economiza algum dinheiro).

Por outro lado, se você não quiser investir em um kit de malas, a sugestão é que opte por uma de tamanho médio, já que será mais fácil carregá-la para cima e para baixo.

Importante: leve em consideração que existem normas quanto ao tamanho das bagagens nos voos. O limite permitido para levar a mala dentro do avião é de 10 kg, mas não significa que você possa levar esse peso em uma mala muito grande.

Portanto, certifique-se das dimensões antes de comprar a mala (elas podem variar de acordo com a companhia aérea).

#3. Escolher mala ideal para viajar: escolha bem o material da mala

As bagagens feitas de policarbonato ou ABS são bem mais rígidas, podem pegar uma chuvinha (pois são impermeáveis) e geralmente duram muito mais do que as malas de pano.

Por outro lado, justamente por serem muito rígidas, acabam sendo mais pesadas e não são nada maleáveis. Isso pode dificultar colocar mais itens dentro da mala.

Além disso, como as malas ficam amontoadas em carrinhos nos aeroportos, há maiores riscos de que ela quebre. E, por fim, por ser mais pesada, pode ser que você precise desembolsar mais dinheiro na hora de despachar por ultrapassar a franquia.

As malas de tecido são mais leves, mais flexíveis e mais resistentes a impactos. Se você precisar colocar itens extras na bagagem, é mais fácil do que fazer isso em malas de policarbonato.

Em contrapartida, tendem a durar menos e a maioria não é impermeável. Assim, se pegar uma chuva, você corre o risco de molhar o que tem dentro dela.

No final das contas, perceba que os dois materiais têm suas vantagens e desvantagens. Por isso, você deve colocar na balança o que vale mais a pena para você de acordo com as suas prioridades e necessidades.

Com a situação da pandemia se estabilizando, pode ser um bom momento para você investir em uma mala! Mas ainda assim, é importante tomar alguns cuidados ao viajar. Entenda quais são eles!

#4. Opte por mala com rodinhas

Não tem nada pior do que levar uma mala pesada para viajar e ter que carregar no colo durante o percurso que você fizer a pé. Por isso, nossa dica é para que sempre compre uma mala com rodinhas!

Alguns modelos possuem 4 rodas que rotacionam a mala 360 graus. Assim, você não precisa ficar fazendo esforço para manobrar a mala a cada curva que aparecer. Basta puxá-la pela alça.

Aliás, atente-se também ao material das rodinhas. Alguns são bem mais resistentes do que outros.

Por exemplo, as rodas de poliuretano são mais resistentes do que outros materiais, como a borracha e o plástico. As rodas de plástico tendem a ressecar com o passar do tempo e a quebrar.

Não tem coisa pior do que estar puxando a mala e a rodinha quebrar no meio do caminho. Opte por poliuretano!

Leia também: Cuidados com a saúde antes de viajar

#5. Escolher mala ideal para viajar: atente-se às divisões internas

Geralmente, as malas de viagens são divididas em vários compartimentos. Na tampa, sempre há um bolso com zíper. Há também telas na parte interna para dividir os compartimentos e levar sapatos e produtos de beleza. No fundo, há cintos para que você possa prender seus pertences pessoais.

Algumas malas são mais sofisticadas do que outras e possuem mais divisórias, algumas com zíper e velcro. A parte interna geralmente não muda tanto, mas vale a pena ficar de olho para não ter surpresas na hora de acomodar seus pertences.

Você sabia que existem malas com compartimentos internos para carregar garrafas de vinho? Porém, cuidado ao viajar de avião, pois não é permitido carregar frascos com mais de 200 ml nas bagagens.

Com essas 5 dicas que passamos para você, ficará muito mais fácil escolher pela mala ideal para a sua próxima viagem e não passar perrengues!

Para tornar sua viagem ainda mais segura, seja ela dentro ou fora do Brasil, é essencial escolher um bom seguro viagem. Saiba mais aqui!