Primeiros passos para ter sucesso em sua primeira viagem internacional

primeiros-passos-sucesso-viagem-internacional

Sem dúvida, uma primeira viagem internacional é uma aventura!

A experiência de entrar em um país estrangeiro, conhecer uma nova cultura e ir para o exterior é um sonho.

Afinal, quem não quer ver o mundo inteiro? Mas para realizar esse desejo e garantir que tudo saia conforme o planejado, há diversas questões que devem ser consideradas antes de comprar as passagens.

Viajar para o exterior não é tão simples quanto atravessar o Brasil. Para estar seguro e evitar problemas em solo estrangeiro, algumas precauções precisam ser tomadas.

Como planejar?

Muitas vezes, quando planejamos a nossa primeira viagem, surgem questões de diversas naturezas.

Porém, não se preocupe, neste artigo queremos lhe ajudar. Claro, os detalhes vão variar muito dependendo do destino que você escolher.

No entanto, não importa o país de sua primeira grande aventura, existem muitos pontos sobrepostos para ajudá-lo.

O que fazer antes da viagem?

Antes de fazer as malas, verifique o clima que você encontrará no país de destino para se preparar. Além de saber a língua nativa, você pode estudar através de Cursos Online com o objetivo de saber se comunicar.

Por exemplo, se você estiver viajando para uma cidade no Canadá, você poderá encontrar temperaturas abaixo de zero, com neve e muito frio, ou se estiver visitando no verão, poderá experimentar temperaturas insuportavelmente altas.

Por conta disso, é muito importante verificar sempre a previsão do tempo alguns dias de antecedência e separar as roupas para levar.

E pesquise o clima nessa época do ano para ter certeza de ter roupas para a estação na mala!

Dicas para a primeira viagem internacional

Voos, hotéis, transfers, etc. Existem inúmeras questões que devem ser consideradas quando nos deparamos com uma viagem internacional.

Afinal, esse processo é muito burocrático, e existem diversos detalhes que devem ser observados com o objetivo de garantir a estadia perfeita.

Mas nada disso importa se você não tiver seu passaporte à mão! Esta é apenas a primeira dica da nossa lista para você. Segue:

  1. Passaporte

Os passaportes são a porta de entrada para entrar nos outros países e são muito simples de emitir.

Basta acessar o site da Polícia Federal, solicitar e pagar a taxa. Será agendado dia e local para retirada dos documentos pessoalmente no horário agendado.

Portanto, não deixe de solicitar com antecedência para evitar qualquer correria ao embarcar em um avião no exterior.

Verifique sempre se o passaporte é realmente necessário, em alguns países, como, por exemplo: a Argentina, basta somente a identidade.

  1. Visualize os documentos necessários

Como já vimos, diferentes destinos podem desenvolver seus próprios requisitos de documentação.

Isso pode incluir cartões de vacinação para áreas de alto risco sob controle epidêmico ou associadas a certas doenças, como febre amarela.

O passaporte poderá ou não ser obrigatório, embora seja sempre bom ter uma cópia atualizada. Mas com certeza, é necessário sempre estar com um documento oficial com foto, como seu RG.

Outros documentos podem variar dependendo da atividade desejada, como a Permissão Internacional para Dirigir.

É bom ficar esperto na hora de pedir o visto, pois o processo de obtenção costuma ser mais exigente.

  1. Verifique se é necessário visto permanente

A maioria dos países permite que brasileiros permaneçam por 90 dias sem visto.

No entanto, se pretender ficar mais tempo, deverá obter um visto antes do embarque, informando o motivo da sua viagem e a finalidade da sua estadia no país.

A autorização será dada de acordo com os devidos regulamentos dentro do país de destino, e o tempo de espera poderá variar.

  1. Seguro

Diversas pessoas consideram que o seguro de viagem internacional é algo totalmente dispensável. Porém, não pense assim, ele pode lhe salvar em uma emergência.

  1. Tome as vacinas necessárias

Em alguns países, os estrangeiros precisam ser vacinados para desembarcar. Se o seu cartão não for renovado, sua entrada pode ser recusada.

Portanto, certifique-se de tomar todas as vacinas necessárias para se manter saudável e não espalhar o vírus do seu país de origem para outros lugares.

Por exemplo, alguns países da África do Sul exigem um Certificado Internacional de Vacinação para garantir que os visitantes estejam protegidos contra várias doenças.

  1. Verifique as trocas

Atualmente, o Brasil é o único país que usa o Real. Se você estiver viajando para o exterior, saiba que não poderá contar com um cartão o tempo todo.

Alguns lugares só podem aceitar dinheiro. Mas o uso de cartões ainda é muito prático e amplamente aceito, por isso é divertido ter os dois.

Esteja ciente das possíveis cobranças em cada caso e jamais se esqueça que tudo vai depender da taxa de câmbio.

Se o real estiver desvalorizado, ou outras moedas estiverem muito altas, você pode acabar pagando um preço alto.

Isso é especialmente altamente perigoso para os cartões de crédito, porque a taxa de câmbio não é calculada no momento da compra, mas no checkout.

  1. Verifique o fuso horário do destino

Se você estiver viajando para a América do Sul ou Central, provavelmente não terá grandes problemas, portanto ajuste o seu horário.

Mas mais a leste na América do Norte, ou na Europa e África, especialmente na Ásia e Oceania, a diferença de fuso horário é enorme.

Embora seu relógio possa ser facilmente ajustado, seu corpo ainda se acostumará com seu conceito de dia e noite.

  1. Faça um roteiro de viagem com antecedência

É fundamental ter um roteiro com todos os principais lugares que se deseja visitar.

Quando você for chegar em algum país que você nunca esteve, pedir informações ou até se localizar em uma cidade poderá ser muito complicado, principalmente se você não for fluente no inglês. Com o objetivo de lhe ajudar, indicamos que você faça um Curso Online Grátis de inglês.

Portanto, pesquise minuciosamente e mapeie os pontos mais atraentes.

Construa seu roteiro diário para que as atrações turísticas da mesma área sejam visitadas no mesmo dia.

Além disso, é divertido pesquisar restaurantes e casas noturnas para visitar e ver os preços médios em cada local.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.